Bate Papo na Saúde sobre Brumadinho (2019)
Após o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, a Fiocruz divulgou um estudo que mostrou os impactos desse tipo de tragédia. Para abordar o tema e debater as relações entre a Política Nacional de Segurança de Barragens e Saúde, o Bate Papo com a Saúde recebe o coordenador do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergência e Desastres em Saúde (Cepedes), da Ensp/Fiocruz, Carlos Machado, e o engenheiro civil, geotécnico e professor Júlio César da Silva. Assista, em streaming.
Pesquisador Christovam Barcellos fala para o blog do Centro de Estudos Estratégicos (2019)
O pesquisador Christovam Barcellos, do Observatório de Clima e Saúde e vice-diretor de Pesquisa, Ensino e Desenvolvimento Tecnológico, do Icict/Fiocruz, conversou com o blog do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz após sua exposição no evento Desastre da Vale S. A. em Brumadinho - impactos sobre a saúde e desafios para a gestão de riscos, realizado no dia 05 de fevereiro de 2019 no Campus Manguinhos. Confira!
Pesquisador Diego Ricardo Xavier fala para o blog do Centro de Estudos Estratégicos (2019)
O epidemiologista Diego Ricardo Xavier, que é um dos coordenadores do Observatório de Clima e Saúde, conversou com o blog do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz após sua exposição no evento Desastre da Vale S. A. em Brumadinho - impactos sobre a saúde e desafios para a gestão de riscos, realizado em 05 de fevereiro de 2019 no Campus Manguinhos. Confira!
Impactos do desastre da Vale, em Brumadinho, na saúde pública (2019)
O pesquisador Carlos Machado de Freitas, coordenador do Centro de Estudos para Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes/Fiocruz) conversou com o blog do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz após sua exposição no evento Desastre da Vale S. A. em Brumadinho - impactos sobre a saúde e desafios para a gestão de riscos, realizado em 05 de fevereiro de 2019 no Campus Manguinhos.
Pesquisador Mariano Andrade fala para o blog do Centro de Estudos Estratégicos (2019)
O pesquisador Mariano Andrade, do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes), da Ensp/Fiocruz, conversou com o blog do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz após sua fala no evento Desastre da Vale S. A. em Brumadinho - impactos sobre a saúde e desafios para a gestão de riscos, realizado em 5 de fevereiro de 2019 no Campus Manguinhos. Confira!
O que aprendemos com Mariana? (2018)
Assista ao vídeo sobre o seminário O que aprendemos com Mariana? Impactos e potências sob uma perspectiva interdisciplinar, que foi realizado em 16 de agosto de 2018 no salão de leitura da Biblioteca de Manguinhos, no Campus Manguinhos. Palestrantes: Lucimar Muniz, representante da sociedade civil de Bento Rodrigues; Nadja Araújo, doutoranda do PPGICS/Icict/Fiocruz; e Pedro Jacobi, do Procam/IEE/USP. Mediação: Christovam Barcellos, pesquisador do PPGICS/Icict/Fiocruz e um dos fundadores do Observatório de Clima e Saúde.
Mudança climática e saúde (2018)
Existe 90% de chance de que a humanidade seja a causadora do aumento da temperatura global, segundo o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas da ONU. Para abordar o tema e a primeira Conferência Global sobre Poluição do Ar e Saúde, realizada em outubro, na Suíça, o Sala de Convidados recebe a coordenadora do Núcleo Latino-Americano da Rede de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Urbanas do IOC/Fiocruz, Martha Barata; a analista de Políticas Sociais do Ministério da Saúde, Thais Cavendish, e as pesquisadoras da Fiocruz Sandra Hacon, da Ensp, e Renata Gracie, do Icict.
Série 'Diálogos Futuro Sustentável' (2018)

No Encontro Internacional sobre Clima e Saúde, da série Diálogos Futuro Sustentável, promovida pelo Instituto Clima e Sociedade (iCS) e a Embaixada da Alemanha em Brasília, foram abordadas perspectivas sobre alterações climáticas e mudanças nas políticas públicas. Embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel disse que o Acordo de Paris não se restringe ao clima, sendo um dos melhores na área da saúde. A diretora do iCS, Ana Toni, e o coordenador do Observatório de Clima e Saúde, Christovam Barcellos, participaram do evento.

A privatização da água e a participação da sociedade civil (2018)
"A privatização da água já começou. Teremos dificuldades para reverter esse quadro e alcançar as metas da Agenda 2030", afirma o pesquisador Christovam Barcellos, vice-diretor de Pesquisa, Ensino e Desenvolvimento Tecnológico, do Icict/Fiocruz. No contexto dos debates do Fórum Mundial da Água e do Fórum Alternativo Mundial da Água, realizados em março de 2018 em Brasília, Barcellos defendeu: "A palavra final deve ser da sociedade civil." Inspirada nesses eventos, a rede Brasil Saúde Amanhã e o Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz realizaram um seminário e gravaram esta entrevista com o pesquisador.
Conferência Internacional do INCT para Mudanças Climáticas: 'Tema Integrador Saúde' (2016)

O pesquisador Christovam Barcellos participa da Conferência Internacional do INCT para Mudanças Climáticas, rede que abrange grupos de pesquisa de todas as regiões do Brasil e de países como Uruguai, EUA e Japão. Considerada a maior rede de pesquisas ambientais do nosso país, ela criou os Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCTs). Barcellos é vice-diretor de Pesquisa, Ensino e Desenvolvimento Tecnológico do Icict/Fiocruz e um dos fundadores do Observatório de Clima e Saúde. O vídeo tem veiculação nas redes sociais da Fiocruz e foi produzido pela Agência Sapiens Comunicação e Multimídia.   

Saneamento e promoção da saúde (2016)
O pesquisador Carlos Machado, da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) e o pesquisador Christovam Barcellos, um dos fundadores do Observatório de Clima e Saúde, do Icict/Fiocruz, conversam com o apresentador Renato Farias sobre saneamento, promoção da saúde, qualidade de vida e sustentabilidade ambiental. O bate-papo foi ao ar no programa Ciência & Letras, do Canal Saúde, fruto de uma parceria entre a Editora Fiocruz e o Canal Saúde, destinado a amantes dos livros em geral. Ele resulta de um encontro entre o que se escreve na academia com temas de outros saberes.
Desastres em barragens são foco do Bate Papo na Saúde (2017)
O programa Bate Papo na Saúde, do Canal Saúde (Fiocruz), aborda o tema do seminário "Bacia do Rio Doce: responsabilidade de todos!", que aconteceu em Governador Valadares (MG). O apresentador Paulo Bellardi conversa sobre o assunto com o líder do Movimento dos Atingidos por Barragens de Minas Gerais (MAB-MG), Guilherme Camponez, e com o pesquisador Christovam Barcellos, coordenador do Observatório de Clima e Saúde e do Laboratório de Informação em Saúde (LIS), ambos do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict)/Fiocruz.
Crise hídrica (2015)
A pesquisadora Renata Gracie, que integra a coordenação do Observatório de Clima e Saúde, participa do programa Unidiversidade sobre a crise hídrica no Brasil. Produzido pelo Canal Saúde, o programa foi gravado na Fiocruz. Apresentado pelo jornalista Renato Farias. Segundo seus idealizadores, a atração busca costurar um discurso plural e polifônico sobre um determinado assunto, usando um formato ágil e diferente do que se costuma ver na televisão. 
Efeitos das mudanças climáticas na saúde (2015)
A equipe do Observatório de Clima e Saúde aborda as principais linhas de ação do projeto esclarece a população sobre os impactos das mudanças ambientais e climáticas na saúde de todos. O bate-papo foi ao ar no programa Unidiversidade, do Canal Saúde. Gravado na Biblioteca de Manguinhos, na Fiocruz, no Rio de Janeiro. Apresentado pelo jornalista Renato Farias. Segundo seus idealizadores, o Unidiversidade é um programa que busca costurar um discurso plural e polifônico sobre um determinado assunto, usando um formato ágil e diferente do que se costuma ver na televisão. 
Observatório da Imprensa analisa cobertura do desastre da Samarco em Mariana (2015)
O programa Observatório da Imprensa, apresentado pelo jornalista Alberto Dines e veiculado pela TV Brasil, analisa a cobertura realizada pela mídia sobre o desastre ambiental ocorrido em Mariana, Minas Gerais. Entre os convidados está o pesquisador da Ensp Carlos Machado de Freitas, coordenador do Centro de Estudos e Pequisas em Emergências e Desastres da Ensp (Cepedes/Fiocruz). 
Importância da Geografia da Saúde (2015)
A professora Luisa Rojas, da Universidade de Havana, e o pesquisador Christovam Barcellos, do Observatório de Clima e Saúde, foram os convidados da série Diálogos: Geografia e Saúde, produzida pela TV UnB, e abordaram a importância da Geografia da Saúde, a multi e a interdisciplinaridade nesse campo, a municipalização, o entendimento sobre a distribuição das doenças e o acesso ao sistema de saúde. Ambos explicaram a contribuição da Geografia da Saúde em políticas públicas mais territorializadas e equânimes, além de fazerem uma defesa do SUS. Rojas já atuou em diversas pesquisas no Brasil. A série foi gravada durante o IV Fórum Internacional e o VII Simpósio Nacional de Geografia da Saúde - VII GeoSaúde, em 2015.
Queimadas na Amazônia (2012)
As queimadas, as mudanças climáticas e seus efeitos sobre a saúde da população da Amazônia, incluindo estudos inéditos realizados com crianças da região. Entrevistas com os pesquisadores Hermano de Castro, Sandra Hacon, Eliane Ignotti e Foster Brown, técnicos de saúde e população local. Vídeo coordenado pela Ensp/Fiocruz com apoio da Rede Clima, INCT, Inova-Ensp e CNPq, que resulta do projeto Mudanças ambientais globais e seus efeitos sobre a saúde. Produzido por Vanessa Hacon.